23 de jan de 2007

Carro da Polícia Federal Clonado


O Nissan originalmente era cinza. Foi roubada na sexta-feira e conduzido ao Morro do Alemão. O sistema GPS instalado nele registrou esta informação. É claro que a empresa de monitoramento avisou ao dono e a polícia. Mas provavelmente, nada foi feito. Aí a bandidagem fez uma reforma de modo eficientíssimo e o carro saiu no Domingo a noite, junto com outro também clonado, para o assalto ao pedágio da CONCER na Rio-Petrópolis. Em dois dias pintaram todo o carro e fizeram a caracterização da PF. Com um carro deste, todos uniformizados, com bonés bordados PF, os caras do pedágio acharam que eram policiais mesmo. Cada dia que passa vemos que estamos mais FÚ FÚ. Aonde isto vai parar. Veja a diferença apontada pelos policiais para identificar o carro falso. O emblema da porta são diferentes. O primeiro, que coloquei abaixo, é falso. E o segundo é o original. Observe bem este detalhe. Ele vai ser a sua salvação para identificar um carro falso da Polícia Federal. Hi hi hi!!!

Falso:
Verdadeiro:

18 de jan de 2007

Reunião do Mercosul no Rio

O nosso novo Governador está naquela fase de visitar hospitais, IMLs etc... e se mostra impressionado com a realidade. Esses governantes e políticos realmente vivem em outro mundo. Nós, cidadãos comuns, não precisamos visitar nada. Conhecemos a nossa realidade e sabemos que o abandono da coisa pública e a guerra civil já começaram aqui no Rio de Janeiro faz tempo. Enquanto a Guarda Nacional desfila no Quartel de Sulacap, bandidos assaltam vários carros no Tunel Rebouças na boca sentido Sul (Rio CompridoxLaranjeiras). Com essas favelas crescendo em todo o canto da cidade, o bandido tem o conforto de assaltar pertinho de casa. É só descer, assaltar e já está em casa. Sem engarrafamento ou estresse. Falam em criar mais moradias populares na Av Brasil. Vão melhorar o "corredor polonês" em que vivemos, só pode ser. E talvez para competir com a Linha Amarela e a Linha Vermelha. Deixam o MONSTRO se criar e crescer e depois não sabem o que fazer com ele. Um assalto só, a Ministra do Supremo, é muito pouco. Tinham que assaltar o Lulla e o seu Ministro da Justica. Que tal o casal Garotinho e o Cabral! Eles precisam de um banho de realidade.