27 de nov de 2005

Quando tem Telefonema de Teresópolis ...

Quando tem telefonema de Teresópolis, a notícia é de que arrombaram a casa novamente. Ladrões mirins. Aqui no Rio eles estão trabalhando no tráfico de drogas, como soldados ou como aviões. Lá não. Lá o ofício deles é ficar arrombando casas, e carregando tudo o que encontram pela frente para vender a qualquer preço.
Outro dia entraram pelo basculante (de básculo) da cozinha, não sei como. Só mesmo um sub-nutrido para passar ali. Depois o ladrãozinho retirou um vidro da porta do corredor e entrou na casa roubando uma serra e uma plaina elétrica que eu tinha lá. Custo de reposição R$800,00. Isto levou o serralheiro a faturar mais duas grades de cadeia. Uma foi fixada neste basculhante da cozinha e a outra, no banheiro, do outro lado da casa.
Desta vez quebraram a janela da lavanderia, e levaram a máquina de lavar e uma secadora de roupas. Como não conseguiram arrombar a porta, saíram pela janela mesmo. Deveriam usar a técnica para trabalhar em empresa de mudanças. Talvez ganhassem um dinheirinho sem arriscar a vida.
Desta vez vai sair mais uma grande grade e uma porta de cadeia para isolar a lavandeira. O serralheiro (português) e a dona da loja de esquadrias de alumínio e vidro (japonesa) estão felizes. Diz o ditado: "Depois da casa arrombada tranca-se a porta". Pois é, agora a lavanderia vai ficar gradeada mas sem máquina e secadora. Mas um dia, quem sabe, volta a atividade.

Tiradentes

"Tenho um nó na garganta".

17 de nov de 2005

Sombra e Sombreados

Barrabás! Como é que pode este pessoal estar envolvidos com este tipo de gente. Hoje a CPMI dos Bingos convocou um tal de Sergio Gomes, vulgo SOMBRA, para depor. Estava dirigindo o carro blindado do prefeito de Santo André, Celso Daniel, quando foram abordados pelos sequestradores e por um mistério da fé, o carro parou, não engatava as marchas, e as portas do carro blindado se abriram. Muitos cheques, depósitos, carros importados, prá lá e prá cá, e para variar ele não sabe de nada. Parece que estou ouvindo um bandido do CV. Como estes "politicozinhos" escolhem bem seus assessores.

CPMI Compra de Votos


CPMI Compra de Votos, chapa branca, pode terminar hoje. Não chegou a lugar nenhum, ou melhor não teve e não tem compra de votos no Congresso. Eis a composição:
PRESIDENTE: Senador Amir Lando - PMDB - RO
VICE-PRESIDENTE: Deputado VAGO - PT (Foi pego saindo do Senado no carro do Valério)
RELATOR: Deputado Ibrahim Abi-Ackel - PP (Ele ou o filho dele, ou os dois, estão enrolados com as liberações do Valério. Como pode ser relator de alguma CPMI?)
A vergonha é tão grande que a composição da comissão não está disponível no site do Senado. Este é o nosso Brasil.

10 de nov de 2005

Palocci vai Dançar

CPI dos Bingos. Depoentes: Rogério Buratti e posteriormente Vladimir Poleto. Dois ex-assessores de Antonio Palocci em Ribeirão Preto e que participaram de "maracutaias" lá e que continuaram a participar de outras em Brasília. Poleto acaba de desabar na CPI, quando a VEJA divulgou no site a gravação de trecho da entrevista do transporte dos dólares de Brasília para São Paulo. Tudo o que ele havia dito no depoimento, a fita mostrou o contrário.
A Dilma Rousseff já começou a mostrar o desconforto ontem. Hoje o Palocci já começou a fugir da imprensa. Aí tem.
Como é que um homem forte da Economia do PT tem assessores desta espécie e está metido com esta lama?
E tem gente que ainda vai votar neles de novo. Cruz credo!

9 de nov de 2005

Cópia Pirata

Há pouco tempo atrás me lembro de se falar que o PT estava devendo um showmício feito pelo Zezé de Camargo e Luciano em 2002. Hoje aparece o "boletim de recruta" de que o filme Dois Filhos de Francisco assistido pelo "bananão dos bananões", num destes passeios no AeroLulla, era pirata. Vai pisar na bola assim ...

8 de nov de 2005

Em 15 minutos o Molusco já contou três lorotas

Em 15 minutos, o presidente já contou três lorotas. Uma, que gosta de dar entrevistas. Duas, que não é candidato à reeleição. Três, que o governo não está tentando interferir nas investigações do mensalão.

7 de nov de 2005

Lulla Paz & Amor no Roda Viva

Já foi gravado hoje de manhã, o programa Roda Viva, que vai ao ar na TV Cultura e TV Educativa às 22:30 hrs. O convidado é o Lulla Paz e Amor. Na verdade esta é a primeira entrevista que o dito cujo concede a imprensa, desde que assumiu a presidência. Teve uma outra só que os jornalistas foram escolhidos a dedo e ele respondia o que queria, pois não se tinha o direito a réplica. Hoje não. Segundo li, houve réplica. Vamos ver o que eles perguntaram e o que ele respondeu.

6 de nov de 2005

Walk Calendar

Terminei hoje a semana 9 do meu programa de caminhada. O empurrãozinho foi dado pela Ophra. Assistia na GNT o programa do David Letterman, até que trocaram o seu horário para a madrugada e dentre novos programas, apareceu o show da Ophra Winfrey. Não dá para assistir sempre, pois o auditório dela é tão fanático, que parece público de igreja evangélica cantando gospel. Mas uma das vezes que assisti, falou-se em condicionamento físico, força de vontade, estabelecimento de objetivos e fazer um "Walk Calendar" para se iniciar e manter um programa semanal (5 dias) de caminhada. E a dica era aumentar 2 minutos a cada semana.
Preciso melhorar a química do meu sangue, para reduzir as drogas diárias que tomo. Este equilíbrio do colesterol & cia, glicose e pressão com remédio doi no bolso e daqui há um tempo vai doer no fígado. Deu o estalo para começar, não parar e manter a frequência. Se não for assim, não adianta nada. Comecei então andando 14 minutos. Cinco dias na semana, você folga dois e aí é que é o problema. Não pode vacilar. Deixar para mais tarde, deixar para amanhã e aí a semana acaba. Tem que persistir. Esta semana 9 terminei com 30 minutos. Caminhando a uma velocidade média de 5.0 km/hora, dá cerca de 2500 metros. Equivale a quase duas voltas no complexo do Maracanã (1300 m/volta).
Hoje fiz o balanço da jornada: andei os 30 minutos sem problemas de respiração e sem pensar em parar. Quando comecei, depois de 5 minutos andando e a respiraçao acelerando com os batimentos cardíacos, pintava o pensamento de reduzir o tempo. Parar antes do previsto. Aí é que entra a força de vontade dizendo para seguir em frente. Um minuto demora uma eternidade para passar. Não há meio do relógio andar. Com o tempo você sente que vai entrando em forma. Nos primeiros dias andei segurando nas guias laterais da esteira, para manter o equilíbrio. Agora dá para andar e correr, sem nenhum problema, pois a musculatura das pernas já está melhorzinha, apesar de continuar dolorida. Mas vai ficando mais fácil. A respiração não acelera muito e dá pra levar.
O display da Caloi informa que consumi 580 calorias nesta semana. Não é nada não é nada, não é nada mesmo. Pois os bombons da Garoto e o big mac + frita manda essa aritmética para o "vinagre". Mas vou tentar continuar e procurar o doutor para apanhar a requisição para o exame de sangue. Ufa!

Roteiro para uma CPI

Diogo Mainardi escreve pela segunda ou terceira vez, a sua coluna na Revista Veja, de forma codificada. Não deve estar querendo aumentar, talvez, o trabalho da defesa de possíveis processos movido pelo bananão dos bananões e sua corja. Se quiser ler a coluna online clique aqui e use a senha da semana ALCINÓPOLIS em "Comprei a Veja na Banca". Se quiser o texto decodificado (em word), clique aqui.

Garfield 2000->2002



5 de nov de 2005

Charge Feita por Clovis Bornay


A charge ao lado, segundo o blog do Zico, foi feita pelo falecido Clovis Bornay (ele fazia charges? novidade!) e data de 1980, quando o Flamengo fazia bonito. Hoje está na pior. Apesar de ter ganho os últimos dois jogos, fazendo 6 pontos, ainda se encontra na zona de rebaixamento. Este ano, vão cair quatro clubes para a segunda divisão, e com o que vem apresentando, vai ser difícil sair desta.

Amazon.com oferece "páginas" de livros

Da página de Informática da Folha Online de ontem, e utilizando a conhecida e sensacional ferramenta "copy & paste":

" da France Presse, em Seattle

O gigante do comércio eletrônico Amazon.com anunciou nesta quinta-feira que lançará um programa com o qual os internautas poderão comprar e-books ou "qualquer página, seção ou capítulo" de sua escolha..."

3 de nov de 2005

Carrapatos do PT

Lúcio Costa

"A única coisa certa do planejamento é que as coisas nunca ocorrem como foram planejadas."

Um Empurrãozinho

Recebido por e-mail:

Um milionário promove uma festa em uma de suas mansões. Em determinado momento, pede que a música pare e diz, olhando para a piscina onde cria crocodilos australianos:

- Quem pular na piscina e conseguir atravessá-la e sair vivo do outro lado ganhará todos os meus carros. Alguém se habilita?
Espantados, os convidados permanecem em silêncio... O milionário insiste:
- Quem pular na piscina e conseguir atravessá-la e sair vivo do outro lado ganhará meus carros e meus aviões. Alguém se habilita?
O silêncio impera, e mais uma vez ele oferece:
- Quem pular na piscina e conseguir atravessá-la e sair vivo do outro lado ganhará meus carros, meus aviões e minhas mansões.
Neste momento, alguém salta na piscina. A cena é impressionante. Luta intensa: o destemido se defende como pode, segura a boca dos crocodilos com pés e mãos, torce o rabo dos répteis... Nossa! Muita violência e emoção.
Parece o filme do Crocodilo Dundee! Após alguns minutos de terror e pânico, sai o corajoso homem, cheio de arranhões, hematomas... e quase despido. O milionário se aproxima, parabeniza-o e pergunta-lhe:
- Onde quer receber os carros?
- Obrigado, não quero seus carros.
Surpreso, o milionário pergunta:
- E os aviões, onde quer que eu lhe entregue?
- Obrigado, não quero seus aviões.
Estranhando a reação do homem, o milionário pergunta:
- E as mansões?
- Eu tenho uma bela casa, não preciso das suas. Pode ficar com elas. Não quero nada seu.
Impressionado, o milionário pergunta:
- Mas se você não quer nada do que ofereci, o que quer então?
E o homem, irritado, responde:
- Achar o filho da puta que me empurrou na piscina!
MORAL DA HISTÓRIA:
Somos capazes de realizar muitas coisas que por vezes nós mesmos não acreditamos. Basta um empurrãozinho. Um filho da puta, em certos casos, é útil em nossa vida.